Iluminação no Paisagismo -Técnica e sensibilidade.

Olá queridos leitores,

Agora falarei sobre os equipamentos a serem usados, tipos de lâmpadas, focos, cálculos, cores e tudo mais que se precisa para iluminar aquele jardim maravilhoso.

Primeiro é preciso bater um papo com uma profissional paisagista, para saber mais sobre o comportamento da vegetação que irá iluminar, saber se elas gostam de luz, de sombra, de meia luz, para aí você analisar se é bom colocar uma certa quantidade de luz nela ou não, pois também pode afetar a saúde das plantas.

Plantas que gostam de luz, podem ate receber as lâmpadas de foco etc, as que não gostam, deixe que recebam a luz indireta para que elas não sintam muita diferença no seu habitat.

Sabendo dessas questões, verifique se haverá algum lago, ou área que fique permanentemente submersa, pois terá que colocar equipamentos especiais com o IP maior de 66.

IP é o indicativo do grau de proteção de um produto. É um padrão internacional definido pela Comissão Eletrotécnica Internacional (a IEC) para classificar e avaliar o grau de proteção de produtos eletrônicos fornecidos contra a entrada de poeira e água.

GRAU-DE-PROTECAO_png

Após filtras os equipamentos para áreas externas, as lampadas irá de acordo com o porte da planta e o conceito do projeto.

Plantas de grande porte, precisam de lâmpadas de mais potência, e de grau de abertura variado, pois quanto mais fechado, mais alcance ela tem.Como exemplo, lâmpadas PAR 30, PAR 38, AR111 e também as lâmpadas de vapor metálico.

Já as plantas menores, pode se usar lâmpadas menos potentes, mas com a mesma configuração de graus de abertura, como as PAR 20, dicróicas ou luminárias já com LED acoplado com potencias médias de 5w.

Também há luminárias externas para lâmpadas vapor metálicos, que seus refletores são angulados para que a luz reflita numa determinada direção (exemplo abaixo). Tecnologia que esta sendo substituída pelos LED de alta potência.

6365-big Luminária externa para lâmpada vapor metálico com refletor assimétrico.

Esses LED agora são blindados na luminária, dando mais vida útil a luz, pois, alem de não esquentar como as convencionais, fazendo com que a umidade entre na luminária, a vedação de fabrica garante que nenhuma umidade entre nos circuitos e queime.

01

Agora, para se escolher a cor da luz que irá utilizar no paisagismo, deve-se observar qual a cor que predomina naquele ambiente, se é o verde mais azulado, ou o verde mais amarelado, pois a partir dai, que ira escolher o tom da luz, lembrando que colocar a cor VERDE na vegetação, deixa com o aspecto preto e branco, e não evidencia sua beleza.

Depois que verificou a cor predominante, coloque como padrão aquele tom de luz, seja ele 3000K (Branco morno) seja 4000k (Branco neutro) ou 6000k (Branco frio) menos usado no paisagismo, porem ainda usado.

Sendo que se a vegetação for de tons mais verde amarelado = 3000K (Branco morno) ou 4000k (Branco neutro).

Verde azulado= 4000k (Branco neutro) ou 6000k (Branco frio).

ab11b922a55e42c785b7ce6b2e13e66e

Claro que tudo vai do “Felling” do ambiente.

O cálculo para luz nesse caso, seria o método de ponto a ponto, já explicado nos artigos anteriores, que você pega a quantidade de lúmens definida pela norma ABNT NBR ISO 8995, e calcula qual potencia de lampada e grau de abertura e a deve ter para que na vegetação tenha essa quantidade de luz pré definida, como no exemplo abaixo,quanto mais longe,ou mais potencia ou menos ângulo de abertura.

ABAAAfoRMAI-0

 

E com todas essas técnicas, também há toda a sensibilidade de cada lighting designer, você precisa sentir o local, ver qual parte precisa e merece ser evidenciada, valorizada, pois, iluminar é além de técnica, sentimento de quem ira frequentar o local.

Esses são exemplos de iluminação no paisagismo que achei bem interessantes.

Até a próxima queridos leitores, e vamos falar mais sobre a arte de iluminar!

Qualquer dúvida é só me mandar um e-mail : mary@arquiteturadailuminacao.com

Obrigada e até a próxima.

Beijos Ma.

 

 

 

 

 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s