Entendendo a Arte da Iluminação

Entendendo a Arte da Iluminação

A iluminação elétrica serve não só para clarear o ambiente, mas também para destacar produtos, esconder defeitos, segmentar pessoas, seja por idade, classe social ou gênero.

Serve para demonstrar limpeza, aconchego ou fluxo rápido.

Trabalha os sentidos visuais e emocionais das pessoas.

fig.01-4-3.jpg

O estudo da luz em suas aplicações, considerando os efeitos da luz sobre os seres vivos e suas atividades, é conhecido hoje como Luminotécnica.

A tarefa de especificar luminárias deve garantir uma iluminação ideal e de qualidade, e para isso é necessário analisar:

As necessidades humanas

  • Desempenho visual;
  • Conforto visual;
  • Saúde e bem-estar;
  • Segurança;
  • Estética.

As necessidades do Ambiente / Arquitetura

  • Forma e composição;
  • Estilo, as luminárias devem estar de acordo com a decoração / arquitetura;
  • Integração com a iluminação natural;
  • Características das superfícies;
  • Pontos de destaque e interesse;
  • Normas técnicas e legislação.

Os custos

  • Instalação;
  • Manutenção;
  • Operação;
  • Consumo de energia.

Benefícios Gerais

Existem muitos benefícios quando se planeja uma boa iluminação, principalmente quando se trabalha em conjunto com a iluminação natural. Há também quando se bem planejado, a maior eficiência energética, redução de custos, manutenções e maior desempenho visual, aumenta a segurança, fora a parte estética, que irá alavancar qualquer negócio promovendo-o e atraindo o devido público alvo.

Para Indústrias

Aumenta a produtividade. Diminui acidentes de trabalho, aumenta a segurança, com o Retrofit (modernização dos equipamentos de iluminação) tem o aumento da eficiência energética, ilumina mais e consome menos, reduzindo assim o custo e manutenção com energia elétrica.

fig.02

Para Escritórios

Aumenta o engajamento, faz com que seu cliente se sinta confortável e confiante.

Define seu estilo, trabalho e valoriza sua marca.

fig.03

 

Para o Comércio

Quando bem aplicado, define o público alvo, valoriza e delimita seus produtos de acordo com estilos, idades, etc.

 Aumentam as vendas, pois influenciam visualmente e emocionalmente os clientes.

fig.04

Para o Museus e instituições

O projeto bem aplicado, se atenta a conservação e destaque do objeto iluminado. Seja ele a própria construção ou as peças expostas.

Além de ser uma luz que não danifica o que é iluminado, também tem maior eficiência o que acarreta diminuição do consumo e manutenção energética. E também é capaz de trabalhar com as emoções dos usuários.

Passos para elaboração de um projeto de iluminação

                       Light Designer                                                     Cliente

fig.07

Finalizando,

Queridos leitores que se interessam por essa arte de iluminar, essa área é muito ampla e complexa, então, ainda tem muito assunto para falarmos.

Até a próxima!

Deixe sua dúvida ou comentário abaixo.

Beijos Má.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s